Quem sou eu

Minha foto
adimiradora de música, história, gatos... apaixonada e racional, séria e lesa.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Tempo...

O que é o tempo?
O passar constante, mecânico, ritmado?
Nosso tempo não é de relógio, não é o da sociedade moderna.

Não é desse tempo que quero falar...
Quero o tempo do sentimento,
O que passa a passos lentos
Mas que custa a eternizar.

Sempre estamos a procurar
Novo ritmo,  novo dançar
Novas formas de ver, de ler
De se encantar.

E o encanto do tempo
Em forma de vento
Também pode passar
Pela noite a dentro
Como brisa de mar

O tempo refúgio
Sempre com rumo
Vem acalentar
A saudade do tudo
A vontade da amar.

3 comentários:

HELIO disse...

É isso aí!

Lenivaldo Jr disse...

hummmmmm... tempo, doce tempo... ainda bem q o inventamos!

Emmaleska disse...

=D