Quem sou eu

Minha foto
adimiradora de música, história, gatos... apaixonada e racional, séria e lesa.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Real

Sentimento que se mescla em besteira e confissão
Digitadas carregadas de sorrisos e abraços
Cada dia, meu amigo, te percebo internamente
Já não temas meu pensar pelas coisas já faladas

Seja assim, seja você, pessoa tão sensível
Que me ler e me oferece o seu ombro virtual
Real é o que sentimos, o carinho, o respeito
Amizade construída em madrugadas de silêncio

Nas escolhas de outros temas, títulos e fontes
No pensar em alguém mais, pra sentir os seus cuidados
Qualquer coisa, qualquer caso, não se deixe afligir
Sem ao menos dividir com essa sua grande amiga.

E.V.

2 comentários:

Camyla disse...

..lindo, manu.:D

Road Assis disse...

E grande amiga que não esqueço em nenhum instante... que não imagino minhas madrugadas de silêncio sem a voz das frases dela... apenas espero (ou ela me espera), com todo carinho possível de se sentir. Não temo mais nenhum pensamento teu, pois a confiança é o que temos de mais seguro. E se nos conhecemos apenas agora, alguma coisa nos explicará um dia essa demora. Não tenho palavras em mente para descrever o meu sentir por essa grande e queria mulher... minha menina delicada e cheia de razão... não vou te esquecer. Te amo.